Categorias
Cuidados

Como esfoliar com café? Quais as indicações e benefícios?

A esfoliação por si só já é capaz de fazer maravilhas pela sua pele. Porém, esfoliar com café traz ainda mais benefícios, já que além de esfoliar o café tem propriedades bastante interessantes para a pele. De fato, o produto tem se tornado bem famoso nas redes sociais!

Para entender como essa bebida pode te ajudar a cuidar da sua beleza, veja a seguir quais os benefícios de usar um esfoliante caseiro feito com café.  Além disso, veja quais as melhores receitas e como usá-las!

Benefícios de esfoliar com café

Esfoliar a pele com café é barato e prático, além de deixa-la incrível. Assim como qualquer tipo de esfoliação, a com café promove a circulação celular. Entretanto, as receitas que incluem café também têm efeito antioxidante e anti-inflamatório. Isso ajuda com que a pele pareça mais jovem e diminui a chance de inflamações.

Se você observar os ingredientes de alguns cosméticos, perceberá que a maioria deles possuem algum componente do café, como óleo de borra de café ou óleo de grão verde. Isso acontece porque esses óleos funcionam como hidratante e protetor para a pele. Além disso, eles ajudam a estimular a produção de colágeno e elastina.

Em resumo, esfoliar com café pode clarear e uniformizar o tom da pele, prevenir a acne e amenizar a celulite, além de ter ação antienvelhecimento e anticelulite. Tudo isso graças a ação de cafeína que ativa a circulação sanguínea!

Em contrapartida, se você tem algum tipo de doença na pele, como dermatites, espinhas inflamadas, machucados ou qualquer outra coisa fora do normal, não faça a esfoliação. O melhor é que você espere a pele se recuperar ou procure um dermatologista.

Como esfoliar com café?

Em primeiro lugar, os esfoliantes caseiros com café são feitos com a sua borra. Isso mesmo! Aquilo que todos jogam fora depois de preparar a bebida. O mais interessante é que a borra do café não perde as suas maravilhosas propriedades, ela continua rica em cafeína e outros nutrientes fantásticos para a pele!

Para esfoliar a pele com café, em resumo, você só vai precisar da borra do café. Assim que preparar a bebida, deixe o pó do café esfriar e massageie sobre a pele. Entretanto, é preciso lembrar que não é necessário aplicar força nos movimentos, já que queremos esfoliar a pele, não a esfolar!

Para potencializar os benefícios de café sobre a pele, você pode fazer a esfoliação após o banho. Dessa forma, com os portos abertos, a limpeza será mais profunda. Sem contar que retirar o produto será muito mais fácil. Além disso, não há nenhum problema em jogar a borra de café no ralo, já que o produto agride ao meio ambiente.

Por último, para finalizar a esfoliação, não se esqueça de hidratar a pele. Assim ela ficará mais macia do que nunca!

Ademais, outros produtos podem ser adicionados a borra de café para fazer um esfoliante com ainda mais benefícios. Confira algumas receitas!

Receita de esfoliante com café para o rosto

Para esfoliar o rosto com café, lave-o com água morna, passe a borra de sobre a pele fazendo movimentos circulares e de forma suave. Faça isso por mais ou menos dois minutos, enxágue e hidrate a pele.

O ideal é fazer essa esfoliação uma vez na semana. Porém, se a sua pele for seca ou sensível, o melhor é fazer quinzenalmente. Nesse caso, além da borra de café, utilize mel ou melado de cana; já que eles hidratam a pele. Para isso, misture o mel e a borra de café, na proporção 2 para 1. Em seguida, aplique no rosto, massageie e deixe agir por 10 minutos. Por fim, enxágue com água e passe o seu hidratante facial favorito.

Esfoliar com café ajudará a amenizar manchas claras e remover cravos. Entretanto, se você tem alguma doença ou ferimento na pele, como melasma ou espinhas inflamadas, evite fazer esse tipo de esfoliação. O melhor é procurar um dermatologista para que ele te indique o melhor tratamento!

Como esfoliar com café?

Receita de esfoliante com café para o corpo

Usar o café na esfoliação corporal estimula a circulação sanguínea. Dessa forma, a pele fica mais firme e com menos celulites.

A melhor forma de esfoliar com café a pele é durante o banho, assim a remoção do produto será muito mais fácil. Para isso, misture duas colheres de sopa de café com duas colheres de sopa de mel ou melado de cana. Logo em seguida, faça movimentos circulares de forma suave por todo o corpo por cerca de cinco minutos. Por último, enxágue a mistura com água corrente e passe um hidratante de sua preferência.

Essa receita também pode ser feita com azeite, óleo de amêndoas, óleo de girassol ou iogurte. O importante é ter algum produto emoliente, que ajude a borra de café a deslizar melhor; já eu a região que será esfoliada é muito maior.

Não se esqueça dos cabelos!

Esfoliar o cabelo pode parecer esquisito, mas traz muitos benefícios. A esfoliação no couro cabeludo ativa a circulação sanguina e promove limpeza profunda. Dessa forma, o cabelo cresce mais rápido e mais saudável. Além disso, esfoliar cm café ajuda remover o excesso de oleosidade dos fios.

O recomendado é esfoliar o couro cabeludo uma vez por mês. Para isso, misture duas colheres do seu shampoo com uma colher de borra de café. Em seguida, faça a aplicação da mistura diretamente no couro cabeludo úmido e ainda sujo. Depois de massagear, deixe agir por cinco muitos e enxágue bem. Por último, passe uma mascará hidratante ou condicionador no comprimento dos fios.

Fazer esse processo uma vez por mês ajuda a evitar e diminuir a queda, além de tratar a caspa e a seborreia. De fato, poucos imaginam que o nosso cafezinho de cada dia faça tão bem para a nossa beleza!

Considerações finais

Depois de todas essas dicas, é improvável que você jogue fora toda a borra do seu café. Afinal, esfoliar com café ajuda a prevenir machas e rugas, acne, além de auxiliar no tratamento de celulite!

Gostou das dicas? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Categorias
Cuidados

Esfoliante caseiro: 4 receitas para você experimentar

Para quem quer cuidar corretamente da pele, aprender a fazer um esfoliante caseiro não pode faltar. Entretanto, é preciso ter cuidado com a escolha dos ingredientes que são usados na receita, além de se certificar para qual parte do corpo ela é indicada.

Confira os benefícios da esfoliação e aprenda as melhores receitas para o corpo, rosto, lábios e pés!

Benefícios da esfoliação

A esfoliação traz diversos benefícios para a pele, já promove a sua renovação celular. Usar um esfoliante caseiro ajuda limpar profundamente a pele, estimular a circulação sanguínea na região e desobstrui os poros, evitando assim o aparecimento de cravos e espinhas. Além disso, a esfoliação ameniza e previne rugas e linhas de expressão, suaviza a pele, tonalizada e a uniformiza, além de potencializar o seu poder de absorção e diminuir a oleosidade.

Entretanto, alguns cuidados devem ser tomados ao fazer a esfoliação para que você possa usufruir de todos os seus benefícios. Em primeiro lugar, a recomendação é que a esfoliação seja feita no rosto uma vez por semana e uma vez a cada 15 dias no corpo. Aumentar a frequência pode irritar a pele, aumentar a sua oleosidade, além de machucar e manchá-la.

Por outro lado, também é importante estar atento a receita do seu esfoliante caseiro. Lembre-se que a pele do rosto é bem mais fina que a do corpo, por isso o esfoliante deve ser mais suave para a região. Ademais, não é preciso aplicar muita força no ato da esfoliação. Movimentos circulares e suaves são o ideal para manter a pele saudável!

Para te ajudar, separamos as receitas certas para cada parte do corpo. O melhor é que elas podem ser feitas agora mesmo, com os ingredientes que você tem em casa!

Esfoliante caseiro para o rosto

Levando em consideração que a pele do rosto é delicada, precisamos usar ingredientes que farão uma esfoliação suave. Por isso, usar açúcar mascavo é a opção menos agressiva. Além de promover a renovação celular, ele facilita a absorção de nutrientes e deixa a pele mais suave e brilhante.

Para fazer um esfoliante caseiro natural, misture uma colher se sopa de açúcar mascavo, uma colher se sopa de mel e um pouco de sabonete líquido específico para o seu tipo de pele. Logo em seguida, massageie o rosto com movimentos circulares, em especial as regiões onde você tiver mais cravos. Por último, enxágue com água corrente e passe um hidratante facial!

É importante ressaltar que, se você tem machas ou espinhas inflamadas, a esfoliação não é recomendada. O melhor é procurar um dermatologista para que ele te indique o melhor tratamento!

Esfoliante caseiro para o corpo

Semelhantemente, o açúcar pode ser usado em uma receita de esfoliante corporal caseiro. Nesse caso, como a pele do corpo é mais grossa e precisa de mais hidratação, pode ser usado o açúcar refinado.

Para essa receita você vai precisar de:

  • 100g de açúcar
  • ½ xícara de óleo de coco
  • 1 colher de sopa de hidratante

Prepara esse esfoliante é bem fácil: basta colocar todos os ingredientes em um recipiente, misturar e depois aplicar sobre a pele com movimentos circulares. Para aproveitar as propriedades hidratantes do óleo de coco, aguarde alguns minutos antes de enxaguar. Para finalizar, passe o seu hidratante corporal favorito.

Em contrapartida, se você não tiver óleo de coco em casa, poderá misturar apenas o açúcar refinado ao seu creme corporal. Serão necessárias cerca de 5 colheres de açúcar e 5 colheres de hidratante corporal. Na hora da aplicação, não se esqueça de massagear a pele com delicadeza. Como resultado, sua pele ficará hidratada e extremamente macia!

Esfoliante caseiro

Esfoliante caseiro para os lábios

A esfoliação dos lábios, assim como a de qualquer parte do corpo, tem o poder de eliminar as células mortas, renovar a pele, deixar a região mais macia e deixa-la com um aspecto mais uniforme. De fato, isso fará com que o batom fique muito mais bonito.

Entretanto, se os seus lábios estiverem muito ressecados ou feridos, o melhor é tentar recuperar a pele antes de usar um esfoliante caseiro. Para isso, faça uso dos lip balms até que os lábios se regenerem.

Por outro lado, se não lábios estão saudáveis, mas você quer deixá-los ainda mais macios, essa receita é a ideal. Para fazer um esfoliante labial caseiro, basta misturar meia colher de café de azeite e meia colher se café de açúcar mascavo. Logo depois, massageie os lábios com o dedo fazendo movimentos circulares. Por fim, enxágue os lábios e seque-os. Para finalizar, passe um lip balm!

Esfoliante caseiro para os pés e mãos

As mãos e pés merecem tanta atenção como qualquer outra parte do corpo. Por isso, separamos uma receita especial para região. Levando em consideração que a pele do pé e da mão é mais grossa, podemos usar um esfoliante caseiro mais abrasivo na região.

Para isso, misture 1 colher de açúcar refinado ou cristal, 1 colher de mel, 1 colher de gengibre em pó e 3 colheres de óleo de amêndoa. Misture todos os ingredientes em um recipiente até que forme uma pasta. Em seguida, aplique o esfoliante por todo o pé e mão com movimentos rápidos e circulares, dando ênfase nas partes mais ásperas. Para finalizar, enxágue com água morna e aplique um hidratante.

Se quiser potencializar o efeito da esfoliação, poderá fazê-la a noite. Depois de retirar o produto, aplique um hidratante e coloque uma meia para dormir. Assim, pela manhã seus pés estarão super macios!

Considerações finais

De fato, a esfoliação pode fazer milagres com a sua pele. Entretanto, não se esqueça que ela também pode ter o efeito contrário. Para evitar qualquer contratempo, evite receitas muito abrasivas e não aplique força nos movimentos. Além disso, fique de olhos nos ingredientes das receitas! Esqueça as receitas com ingredientes muito ácidos ou agressivos, como limão e sal. Esses componentes podem machucar, irritar ou até queimar a pele.

Por fim, não se esqueça de hidratar a região depois da esfoliação. Seguindo essas dicas, sua receita de esfoliante caseiro será um sucesso!

Categorias
Cuidados

Cuidados com a tatuagem que você não pode deixar de lado

Quais são os cuidados com a tatuagem mais importantes que você não pode deixar de ter? Confira a seguir os cuidados com sua tattoo que você não pode deixar de lado!

Cuidados com a tatuagem

1. Siga o conselho do seu tatuador

Os conselhos sobre cuidados posteriores variam de estúdio para estúdio, e às vezes até artistas do mesmo estúdio têm ideias diferentes sobre o que é melhor. Ouça as instruções fornecidas pelo tatuador. Além disso, a maioria deles terá um folheto com os conselhos impressos para você levar.

2. Depois de algumas horas, lave delicadamente a tatuagem

A maioria dos conselhos diz para você deixar a cobertura da tatuagem pelas primeiras 2 a 5 horas, depois para removê-la com cuidado e lavar delicadamente a tatuagem com água morna e sabão líquido suave.

3. Aplique uma fina camada de creme hidratante neutro

Em seguida, aplique uma fina camada de creme hidratante neutro, como Bepanthen (creme para assaduras). Se tiver dúvida, pergunte ao seu tatuador o que ele recomenda. Assim, você pode se recuperar com papel filme, gaze ou deixá-lo aberto, dependendo do conselho do artista. Geralmente, os estúdios o aconselham a repetir o processo de limpeza 3-5 vezes ao dia.

4. Mantenha a tatuagem limpa e seca

Um dos cuidados com a tatuagem é mantê-la limpa e seca e evitar mergulhá-la em água por pelo menos um mês (os chuveiros estão ok, as banheiras, não). Se for provável que a tatuagem e as suas roupas entrem em atrito, mantenha-as cobertas com gaze ou papel filme e fita isolante.

5. Evite luz solar direta

Evite expor a tatuagem à luz solar direta, a menos que seja necessário. As tatuagens curadas, especialmente as coloridas, podem desbotar ao sol. Ou seja, quando estiver completamente cicatrizada, verifique se ele está coberto por um protetor solar alto.

6. Seja paciente com o período de cicatrização

Os tempos de cicatrização dependem de quão bem você cura e do tamanho do design. Isso pode variar de cerca de uma semana a projetos simples e pequenos, até vários meses para projetos maiores e complexos. Continue seguindo as instruções de cuidados posteriores pelo tempo que o tatuador o instruiu e verifique se a tatuagem é mantida bem hidratada e limpa por alguns meses depois, evitando produtos abrasivos para a pele.

Esse período é quando o risco de infecção é maior e também é quando a aparência de uma tatuagem pode ser facilmente arruinada por não seguir corretamente as instruções de cuidados posteriores da tatuagem.

Cuidados com a tatuagem

O que mais você deve levar em consideração em cada etapa?

No estúdio

Como mencionado anteriormente, o tratamento posterior começa a partir do momento em que sua tatuagem é concluída no estúdio.

Limpeza e bandagem

Uma vez que seu tatuador esteja satisfeito com seu trabalho, ele limpará suavemente a área com sabão neutro, água e provavelmente algum tipo de pomada antibacteriana. Isso pode doer um pouco.

Depois que o artista terminar de limpar a área, ele passará a enrolar sua tatuagem. Isso é feito principalmente para manter a área protegida contra bactérias e também ajuda a evitar o atrito. A área enfaixada deve estar livre de bactérias 99,9% no momento da embalagem, graças à limpeza anterior com sabão antibacteriano.

Curativo

O embrulho provavelmente será feito de um curativo de tecido estéril ou de um material plástico semelhante a uma película aderente. Qualquer um desses materiais atende a seu objetivo de maneira eficaz. Ou seja, não se preocupe se você conseguir um ou outro. A escolha geralmente se resume à preferência pessoal do que o tatuador prefere.

Remoção do curativo

Quanto tempo você deve manter a embalagem de sua nova tatuagem varia muito. Os tatuadores podem recomendar 2 horas a 24 horas ou mais.

Geralmente, é considerado seguro remover o curativo após 2-3 horas, desde que você consiga limpar sua tatuagem imediatamente após a remoção. Depois de algumas horas enfaixada, sua tatuagem deve ter parado de escorrer muito (embora possa continuar a escorrer um pouco nos próximos dias).

Por outro lado, alguns tatuadores recomendam que você durma sua primeira noite com a bandagem de tatuagem para evitar esfregar a área e impedir que líquidos que ainda estão escorrendo grudem nos lençóis.

Outra razão pela qual você pode ser aconselhado a manter a bandagem por períodos mais longos é a localização da tatuagem. Qualquer tatuagem que possa roçar contra outras partes do corpo pode ser melhor permanecer enrolada por uma noite para permitir que o processo de cicatrização comece sem irritações.

Quando o tempo de embrulho recomendado pelo seu tatuador tiver passado, você finalmente poderá removê-lo e apresentar sua nova obra de arte ao mundo.

Remova cuidadosamente a bandagem desfazendo ou cortando cuidadosamente a fita usada pelo seu tatuador. Além disso, se o seu curativo for de plástico, retire com cuidado o material da pele, afinal de contas, ele não deve grudar.

Se você aplicou um curativo de pano em sua tatuagem, comece com muito cuidado a retirar o material da pele. Se você começar a sentir qualquer puxão ou colagem, passe um pouco de água morna e despeje sobre o curativo até que esteja encharcado o suficiente para ser puxado para longe da pele com facilidade.

Instruções de cuidados pós-tatuagem para sua primeira lavagem

Esta é uma etapa muito importante do processo de cuidados com a tatuagem. Sem dúvida, a primeira lavagem de sua tatuagem pode facilmente causar problemas de pele se não for feita corretamente.

Ou seja, depois de remover a bandagem, é provável que sua tatuagem seja coberta por uma espessa camada pegajosa de sangue, plasma e fluido linfático. O plasma é o que você deve limpar mais completamente, pois é isso que acabará por endurecer e iniciar o processo de formação de crostas.

Antes de limpar sua tatuagem, você deve limpar bem as mãos para matar qualquer bactéria presente. Prossiga delicadamente com um copo de água morna sobre a tatuagem, umedecendo a área com a palma da mão e os dedos, e não um pano áspero e sujo.

Verifique se a água não está excessivamente quente, pois o calor e o vapor podem abrir os poros recém tingidos da pele, fazendo com que sua tatuagem pareça irregular. Esses são os principais cuidados com a tatuagem que você não deve ignorar!